Quinta-feira, 24 de Junho de 2010
Tecnologia LED de iluminação pública reduz consumo em 60%

Tecnologia LED, diferente da lâmpada, tem vida útil maior, melhor desempenho e pode utilizar energias eólica e solar.

A Actuale, empresa especializada na realização de Parcerias Público-Privadas (PPP), apresenta uma proposta de iluminação pública com maior economia de energia (cerca de 60%) e durabilidade dos materiais, além de utilizar produtos que não utilizam sódio e não emitem raios UV. É o Projeto Hexa – Eficiência Energética, desenvolvido em parceria com a empresa Hexa, que permite uma iluminação melhor com menos consumo, já que a energia transforma-se em luz e não em calor.

 

Um dos grandes trunfos do sistema de iluminação Hexa é a sustentabilidade, pois 98% dos componentes são recicláveis, a vida útil das luminárias é de 60 mil horas (valor maior se comparado às outras tecnologias) e não causa efeito estroboscópico, sendo assim menos agressivo à vista humana.

 

Isso se deve ao fato da Hexa trabalhar com tecnologia LED, diferente das lâmpadas. A diferença no aspecto visual é perceptível à primeira vista. A luz tem a cor branca, o que faz dispersar melhor a luminosidade e deixar os objetos mais visíveis. Nas lâmpadas, a cor amarela, do vapor de sódio, omite detalhes ao deixar lacunas, como no exemplo de uma avenida, em que há áreas iluminadas e outras à sombra. Com o LED, a luz é dispersada com maior facilidade, deixando a avenida visível de forma completa.

Iluminação melhor, consumo menor- Para se fazer uma comparação, uma Luminária Hexa de 66w substitui uma lâmpada de sódio de 170w. Já a Luminária Hexa de 135w tem o desempenho melhor do que uma luminária de sódio de 295w. Da mesma forma, a Luminária Hexa de 190w substitui uma luminária sódio de 480 w.

Com isso, o gasto de energia é menor, gerando economia tanto financeira quanto ecológica, e o resultado é mais satisfatório, pela eficiência citada acima.

 

Outro benefício que pode ser citado é o fato de os LEDs poderem ser recarregados também por uma bateria que utiliza formas naturais de energia: eólica e solar. No Brasil, a incidência de sol é diária, e o potencial eólico também é alto, principalmente em cidades litorâneas e na região Nordeste. As fontes naturais de energia são gratuitas e não prejudicam o meio ambiente.

 

Gestão On-Line - Talvez o maior benefício das Luminárias Hexa seja a gestão das lumináriavia internet. Cada luminária possui um driver que envia informações via web para uma central, que monitora até 4 mil luminárias. A cada ocorrência, como furtos de cabos e energia, variação no consumo de energia, ou necessidade de manutenção, a central comunica as equipes de apoio, que utilizando de tecnologias como celulares, notebooks ou desktops podem realizar o conserto em poucos minutos.

 

O investimento nesta nova forma de iluminação pública tem retorno garantido. Além disso, pode ser realizado por meio de uma PPP, em que tanto o setor público quanto a iniciativa privada usufruem dos benefícios a curto, médio e longo prazo.

Com a crescente necessidade de se economizar dinheiro e recursos naturais, uma tecnologia sustentável e que apresenta economia trará maior conforto a uma grande parcela da população.

 

Algumas cidades já utilizam Luminárias Hexa em algumas ruas. A tecnologia LED está presente em capitais como Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Cidades importantes como Campinas-SP, Niterói-RJ e Santos-SP também utilizam esta nova forma de iluminação pública.

A empresa - A Actuale é uma empresa de terceirização especializada na viabilização de contratos através do levantamento de informações econômicas, financeiras, operacionais e jurídicas para a realização dos projetos. A empresa oferece soluções em terceirização para o mercado desde 1997, de maneira inovadora e objetiva, sempre com foco na satisfação plena dos seus clientes. Acreditamos que as PPPs são o futuro das relações entre poder público e setor privado, e que essa modalidade de concessão representa a ponte para o desenvolvimento do Brasil.

fonte:http://www.revistafator.com.br


tags:

publicado por adm às 20:02
link do post | comentar | favorito
|

.posts recentes

. Novidade Avant: luminária...

. Trocar lâmpada incandesce...

. Use lâmpadas economizador...

. Philips lança lâmpada con...

. Lâmpadas de LED com Wi-Fi...

. Iluminação adequada pode ...

. Nova lâmpada com LED dura...

. As Vantagens das Lâmpadas...

. O que deve perguntar ante...

. Nova lâmpada dura 40 anos...

. Como escolher a lâmpada m...

. UE proíbe fabrico e impor...

. A lâmpada de Edison vai a...

. Uma lâmpada que gera mais...

. Philips apresenta lâmpada...

. Tecnologia LED tende a cr...

. Empresa cria lâmpada de r...

. Óbidos. Investimento em s...

. Nova Lâmpada LED imita a ...

. Microlâmpadas de plasma s...

.arquivos

. Abril 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Março 2010

.links
.tags

. todas as tags

.subscrever feeds